....... ...... ...... ..... As Boas vindas a todos os bichos do P@nt@no ....... ...... ...... .....

01/11/2014

Deamon......



Esses teus olhos negros como a noite e o frio gélido da tua pele não escondem mais o demónio no qual tu te tornaste..... O meu demónio que me atormentada e sobrevive do meu sangue e desespero, não te temo e te recebo de braços abertos e peito nu. 

Te entrego a minha alma para que seja consumida e torturada para toda a eternidade, os teus dentes cravados na minha carne as tuas garras escrevam na minha pele a dor atroz, essa dor que faz parte de mim e do que me tornei. 

Tu mostras o que de vulnerável tenho em mim, procuro nesta escuridão por um ponto onde me focar mas a tua essência à minha volta me consome e baralha, se hoje não te resisto e mergulho nesse abismo que desce numa espiral vertiginosa amanhã enceno uma fuga audaciosa . Te odeio e necessito de ti na mesma...... És parte de mim e não te consigo arrancar do peito, és a minha força e a minha perdição.